Gondim deve nomear Gondim para assumir subsecretaria na Secretaria de Saúde

34
Print Friendly, PDF & Email
Por Kleber Karpov

O secretário de Estado de Saúde do DF, Fábio Gondim, deve nomear a técnica administrativa da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF), Flavia Caritas Mendonça Gondim do Nascimento, para assumir a Subsecretaria de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde (SUGETES), atualmente ocupado pela odontóloga, Maria Amália Dorsch Ferreira.

Antes mesmo de sair à publicação em Diário Oficial do DF, o que deve ocorrer nesta quarta-feira (7/Out), o caso chamou a atenção de servidores que procuraram Política Distrital para denunciar o caso de suposto nepotismo.

Ao apurar as informações, o portal Transparência demonstra que Flávia Cáritas, desde janeiro de 2013, tem duas matrículas funcionais. Uma vinculada à Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF), porém cedida à Secretaria de Estado de Gestão Administrativa e Desburocratização (SEGAD) onde exerce a função de assessora especial, em cargo comissionado.

Vale observar, no entanto, que mesmo cedida da SES-DF à SEGAD-DF, tanto o portal Transparência quanto o Siga Brasília demonstram que Flávia Cáritas recebe das duas fontes. Somente em 2015, foram pagos R$ 57,2 mil. Desses, cerca de R$ 32 mil na SES-DF e R$ 24,5 mil na SEGAD. Mas um advogado consultado pelo Blog sugere que o órgão requisitante[ SEGAD ] pode estar apenas ressarcindo ao cedente [SES-DF] os valores, uma vez que quem solicita o servidor é responsável pelo pagamento dos proventos.

Publicidade

Nepotismo

Questionado pelo blog sobre a nomeação de Flávia Cáritas M. Gondim, o Secretário de Saúde, Fábio Gondim confirmou que Flávia deve ser nomeada para a subsecretaria e se adiantou: “Por incrível que pareça, apesar do nome, não é minha parente, como não poderia ser. Eu nunca havia conversado com ela.”, afirmou.

De acordo com o Secretário, Flávia Cáritas tem formação voltada à tecnologia da Informação: “Veio para ajudar a mudar o sistema de recursos humanos, o SIGRH [Sistema Integrado de Gestão de Recursos Humanos]. Além disso, conhece as normas de RH do GDF e é da Saúde.”, disse ao observar as referências da profissional. “Não temos espaço para brincar. Temos que acertar ao máximo.”, concluiu.

Curiosidade

Embora o sobrenome Gondim não seja tão comum quanto parece, em consulta ao portal da Transparência, apenas no GDF, outros 69 Gondins fazem parte do quadro de servidores.

3

Comentário