Comissão de Direitos Humanos do Senado realiza audiência pública para debater crise da Saúde do DF e do Brasil

57
Print Friendly, PDF & Email

A Comissão Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado Federal, realizará, na manhã de sexta-feira (21/Ago), às 8h30, a primeira etapa da Audiência Pública para debater a crise do sistema de Saúde em Brasília e no Brasil.

Para o requerente  da Audiência Pública,  senador, Hélio José (PSD-DF), membro titular da Comissão, a realização do evento, que acontecerá em duas etapas devido a complexidade do tema e a quantidade de convidados, deve apontar os rumos para a Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal (SES-DF), para os próximos anos.

Na primeira etapa (21/Ago), devem estar presentes o Vice-presidente do Sindate-DF, Jorge Viana; Presidente do Sindicato dos Médicos do DF (SindMédico), Gutemberg Fialho; Presidente do Sindicato dos Enfermeiros do DF (SEDF), Fátima Aparecida; Presidente do Sindsaúde, Marli Rodrigues; Chefe da Casa Civil do DF, Sergio Sampaio; Representante da Defensoria Pública do DF, Ricardo Batista e os médicos da SES-DF, ambos ex-diretores do Hospital Regional da Asa Norte, doutor, Renato Lima e doutor, Paulo Feitosa.

A segunda etapa (28/Ago) da Audiência Pública será realizada em 28 de agosto,  por sua vez, contará com a participação de:  secretária de Atenção à Saúde, Lumena Furtado;  secretário de Saúde do DF, Fábio Gondim, representante do Setor Empresarial de Saúde, Rafael Leal; representante do Ministério do Planejamento, Arnaldo Barbosa; presidente do Conselho de Saúde do DF, Helvécio Ferreira; e o subsecretário de Gestão Participativa da SES-DF, doutor, Tiago Coelho

 11911765_10204188121015684_708415676_n

Publicidade

11923034_10204188120975683_1755415429_n