Câmara Legislativa retoma atividades após recesso. Rollemberg apresentará pacote de projetos a serem votados  

27
Print Friendly, PDF & Email

Reuniões de lideranças, escolha de presidentes de comissões permanentes, interação com a comunidade e votação de medidas de austeridade estiveram na pauta de trabalho que marcou o retorno às atividades na Câmara Legislativa no DF.

A segunda-feira (2/Fev) foi intensa na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF). No período da manhã os parlamentares participaram de Reunião do Colégio de Líderes para definição de atuação parlamentar para os próximos dias. Entre as decisões tomadas estão  os agendamentos, para a próxima quarta-feira (4/Fev), de eleição para as escolhas dos nomes dos distritais que devem compor as presidências das comissões permanentes da Casa e de realização de sessão ordinária externa, a ser realizada na Rodoviária do Plano Piloto, para votação de proposições de interesse da comunidade.

Rollemberg participa da primeira sessão ordinária

Na ocasião a presidente da CLDF, Celina Leão (PDT), informou que a primeira sessão ordinária dessa legislatura será realizada, em caráter solene (2/Fev). Isso porque o governador do DF, Rodrigo Rollemberg (PSB), participará e apresentará e levará mensagem aos deputados distritais.

Pacote de austeridade

Publicidade

Durante a reunião de lideres, o deputado distrital, Raimundo Ribeiro (PSDB) anunciou que o GDF apresentará pacote de projetos que tem como finalidade melhorar a receita do DF e equilibrar o orçamento do DF. Nesse caso uma das medidas a serem priorizadas para votação será a Antecipação de Receitas Orçamentárias (ARO), que será destinada, se aprovado o Projeto de Lei, para que o governo possa efetuar o pagamento dos servidores da Saúde e da Educação.

Uma das medidas de austeridade preocupou o líder do PT, deputado Chico Vigilante, e o deputado, Rodrigo Delmasso (PTN). A proposta de se extinção do chamado ‘IPVA  zero’ na compra de veículos novos no DF. Os deputados alegam que a proposta pode prejudicar a arrecadação de ICMS, reduzir a queda de faturamento das concessionárias e provocar fuga de clientes para Goiás, onde o benefício continuará a existir.

Aproximação com a Sociedade

Outro deputado a se manifestar durante a reunião de líderes foi o distital, Agaciel Maia (PTC). Maia reforçou a necessidade da CLDF estreitar ainda mais o diálogo do Legislativo com a sociedade.

Sem recesso?

Luzia500Embora a CLDF só tenha iniciado os trabalhos em dois de Fevereiro, houve distrital que não saiu de recesso. Esse é o caso da deputada, Luzia de Paula (PEN). Paula manteve o gabinete 24 funcionando durante o recesso parlamentar no mês de Janeiro e aproveitou para fazer reuniões com a equipe, avaliar as ações realizadas no mandato anterior, planejar as atividades para os próximos meses, além de receber a comunidade, lideranças e representantes de classes.