Senador Helio José apoia Marcus Teles para a Presidência do BRB

73
Print Friendly, PDF & Email

O Senador Hélio José (PSD) registrou, na quarta-feira (7/Dez), em nome do PSD, apoio formal ao nome do advogado, Marcus Vinícius de Carvalho Teles, funcionário de carreira do Banco Regional de Brasília, para a Presidência do Banco. O apoio é endossado pelo Vice-Governador Renato Santana e do Presidente Nacional do PSD, Gilberto Kassab.

A indicação de Teles ocorre após o nome de Vasco Cunha Gonçalves, indicado pelo governador Rodrigo Rollemberg (PSB) à  presidência do BRB, cair em descrédito. Cunha foi condenado, em segunda instância, pela Câmara de Recursos da Previdência Complementar. Isso por causar prejuízo de R$ 5 milhões à Sociedade Civil de Previdência Privada (REGIUS), na condição de diretor da Entidade. A REGIUS é uma entidade fechada de previdência complementar dos funcionários do BRB. 

Após indicação do nome por Rollemberg o blog do Dony Silva (25/Dez) publicou matéria em que trouxe a tona o envolvimento de Cunha no caso REGIUS. A publicação causou reação imediata no meio político e fez com que o Governador reavaliasse a possiblidade de substituição de Cunha.

Do ponto de vista legal  Cunha está inviabilizado para a presidência do BRB em razão de condenação recebida. Isso porque o nome do ex-diretor da REGIUS provavelmente não passaria pelo crivo de instituições financeiras à exemplo do Banco Central do Brasil e, após a exposição, também por sabatina na Câmara Legislativa do DF (CLDF).

Politicamente, a medida é importante para ambos os lados. Ao Senador, pois ao falar em nome do PSD, mostra que o partido que faz parte do novo governo está em sintonia com a defesa da ética pregada por Rollemberg em sua campanha; e ao GDF, porque da articulação de Hélio no Senado é que poderão sair os recursos que Rollemberg tanto precisa para sanear o rombo deixado pelo Governo de Agnelo.