Austeridade: Dilma candidata x Dilma presidente

23
Print Friendly, PDF & Email

O discurso que mais fui obrigado a ouvir foi que outros candidatos, Marina, e posteriormente Aécio, tirariam direitos adquiridos pela sociedade, e principalmente, pelos trabalhadores.

Particularmente sempre me contrapus ao afirmar que nenhum presidente em sã consciência seria louco o suficiente para fazê-lo, pois estaria se autocondenando a uma não reeleição. O que não é o caso de Dilma para 2018, pois terminará o segundo mandato.

Certamente a sociedade brasileira ainda não parou para medir o impacto que as medidas de Dilma terão sobre a população. Até porque são medidas fragmentadas que atingem a massa da população, mas de forma e com impactos diferentes.

Enquanto Dilma é apertada pelos delatores do Petrolão, Investidores, Auditores, Polícia Federal, apoiadores e opositores, a Presidente repassa a bola e apertará os cidadãos.  O arrocho virá por todos os lados com reajuste das tarifas de Água, Energia, combustíveis, telefonia, aluguéis, alimentos, fim da redução de IPI; e ainda com cortes substanciais na previdência, no FIES. Enfim, são apertos de todos os lados no presente e até no futuro.

Resta saber o impacto que isso terá para a campanha Lula 2018. A somar com Petrolão, Mensalão, Friboizão, Furnão… Dará ao PT um novo mandato.

Publicidade

Sei não! Pois haja contradição!

 

1

Comentário