E as goteiras do Hospital de Base voltaram

8
Print Friendly, PDF & Email

Um dos grandes discursos do governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), utilizou na campanha foi à condição em que recebeu o Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF). Nas propagandas políticas e entrevistas durante a campanha eleitoral de primeiro turno,  choveram discursos das correções de goteiras, tetos despencando e do discurso que chovia mais dentro que fora do HBDF.

Passado os quatro anos da gestão de Agnelo, após perder as eleições, a Saúde permanece um caos, ou até pior do que estava antes de assumir a gestão do DF. E para a surpresa de todos uma das grandes realizações de Agnelo, as obras de recuperação das estruturas do HBDF também sucumbiram.
Na tarde de ontem (10), talvez acompanhando toda a gestão do Governador, o teto de uma das dependências do décimo andar do Hospital também desabou.  A julgar pelo caos em que se encontra o DF, parece que até mesmo as reformas das dependências do HBDF têm prazo de validade. E já venceram.

 

0

Comentário